IDIOMAS

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified

VOCÊ É O VISITANTE Nº

POSTAGENS

DIVULGUE

Link-Me


RÁDIO 24 HS

CADASTRE-SE

ATUALIZAÇÕES POR E-MAIL

FeedBurner



visitante

BÍBLIA ON-LINE

Pesquise nas Escrituras
[ Ex.: graça | Ex.: Gn 1:1-10 ]

POSSO AJUDAR?

Tecnologia do Blogger.

QUEM SOU EU

Minha foto
Max Aparecido
CAMPINA VERDE, MG, Brazil
Casado com a Patricia a dez anos, temos uma filha de quatro anos chamada Esther
Visualizar meu perfil completo

O que achou do Blog?

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

FESTA DO POVO DE DEUS



Está chegando 4º acampamento, realizado pela Igreja Evangélica Assembléia de Deus Missão de Campina Verde-MG, dias 18, 19, 20 e 21 de Fevereiro de 2012.

Tema O CALVÁRIO CONQUISTOU MEU CORAÇÃO!

Será uma benção!
sábado, 21 de janeiro de 2012

INGRATIDÃO


LUCAS 17:

11 E aconteceu que, indo ele a Jerusalém, passou pelo meio de Samaria e da Galiléia;
12 E, entrando numa certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, os quais pararam de longe;
13 E levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós.
14 E ele, vendo-os, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, indo eles, ficaram limpos.
15 E um deles, vendo que estava são, voltou glorificando a Deus em alta voz;
16 E caiu aos seus pés, com o rosto em terra, dando-lhe graças; e este era samaritano.
17 E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove?
18 Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro?
19 E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou.

Começaremos a meditação desta palavra, fazendo a seguinte observação, todos os 10 leprosos clamaram pela misericórdia do mestre e a alcançaram, Jesus teve compaixão daqueles homens e curou todos de uma vez só!

Jesus sendo onisciente sabia que apenas um leproso retornaria para lhe agradecer, porém isso não o impediu de liberar a cura para todos eles, mas porque isso? Essa é uma das grandes diferenças entre Jesus e nós, ele não nos julga nem tão pouco age com ira e mágoa para conosco, por diversas vezes dizemos, não farei isso para aquela pessoa, pois ela é muito ingrata sei que se fizer não serei recompensado nem mesmo com um obrigado.

Deus nos abençoa sabendo que não receberá nada em troca em muitas ocasiões nem mesmo um muito obrigado Senhor, ele conhece nosso coração assim como Jesus conhecia o coração daqueles homens leprosos, veja outro exemplo de ingratidão mencionado na bíblia sagrada:

Mateus 26:

33 Mas Pedro, respondendo, disse-lhe: Ainda que todos se escandalizem em ti, eu nunca me escandalizarei.
34 Disse-lhe Jesus: Em verdade te digo que, nesta mesma noite, antes que o galo cante, três vezes me negarás.
35 Disse-lhe Pedro: Ainda que me seja mister morrer contigo, não te negarei. E todos os discípulos disseram o mesmo.

Pedro o discípulo mais próximo de Jesus, o homem que contemplou diversas maravilhas feitas por Jesus e pode estar ao lado do mestre em todas as ocasiões especiais, disse ao mestre que caso fosse necessário morreria com ele, porém mais uma vez o mestre foi esquecido e deixado só, nos versículos a seguir a prova maior da ingratidão do ser humano, a prova de que só queremos receber e nunca agradecer pelo que temos e somos.

Mateus 27:

17 Portanto, estando eles reunidos, disse-lhes Pilatos: Qual quereis que vos solte? Barrabás, ou Jesus, chamado Cristo?
21 E, respondendo o presidente, disse-lhes: Qual desses dois quereis vós que eu solte? E eles disseram: Barrabás.22 Disse-lhes Pilatos: Que farei então de Jesus, chamado Cristo? Disseram-lhe todos: Seja crucificado.

Todos que foram curados de diversas enfermidades, ressuscitados e libertos de legiões de demônios, eram os mesmos que acusavam o mestre, clamaram pela sua misericórdia choraram e suplicaram foram abençoados, mas como o coração do homem é mau esse foi o jeito de retribuir as bênçãos e milagres que Jesus fez por eles.

Jesus estava completamente só!

Coloque-se no lugar dele, após abençoar e trazer alegria a aquelas famílias ele se viu só e sendo acusado por ser quem ele é, veja que uma multidão de acusadores apareceu, mas a pergunta que não se cala é, onde estavam os 10 leprosos que ele curou? Ou o centurião de Cafarnaum e seu criado, a sogra de Pedro, os endemoniados Gadarenos, o paralítico de Cafarnaum, a mulher do fluxo de sangue, a multidão de quase 5 mil homens que participou da multiplicação dos pães, a mulher Cananéia e sua filha, Lázaro que era seu amigo, Jairo e sua filha ressuscitada, o cego de Jericó, a viúva de Naim e seu filho, a mulher pega em adultério e por fim seus discípulos?
Jesus não ouviu ninguém lhe defender, ele estava só, quem sabe ele esperasse ouvir pelo menos um desses a quem ele ajudara manifestar a seu favor, mas todos gritavam soltem Barrabás, e crucifiquem Jesus, você pode até dizer e pensar como eu pensava, dizendo (que povo ingrato se eu estivesse lá acabaria com todos eles, pois são ingratos pagaram o bem com o mau).

Um dia pensando assim o Espírito Santo me fez chorar ao dizer em meu coração a seguinte frase: TODAS AS VEZES QUE VOCÊ PECA E DESAGRADA A DEUS, VOCÊ SE COLOCA NO MEIO DA MULTIDÃO QUE ACUSOU E CRUCIFICOU JESUS.

Ou seja, quando deixamos de agradar a Deus e pecamos cometemos o mesmo erro que aquelas pessoas cometeram, crucificamos o mestre novamente e somos culpados do seu sangue.



Esse cachorro foi salvo por um bombeiro em um incêndio, veja que até o animal irracional consegue ser grato a pessoa que lhe salva a vida, Jesus salvou a nossa, será que temos sido gratos a ele por isso?

Devemos retroceder deixando nossa ingratidão de lado, para contemplarmos a grandeza de Deus em nossa vida, deixando o pecado que gera morte e assim passarmos a ser mais gratos ao Senhor, reconhecendo o sacrifício e dor ao quão ele foi submetido para nos libertar de todo o pecado.

Sejamos mais fieis ao nosso Deus, mais grato a ele não pelo que ele faz, mas sim por quem ele é não sejamos como aqueles nove leprosos ingratos, reconheçamos que tudo que temos, somos e alcançamos foi pela bondade de Deus.

Por Max Aparecido.
segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

TESTEMUNHO




Casei-me aos 21 anos de idade, e minha esposa aos 20, em 06/04/2002, após um ano de matrimônio, nos convertemos ao cristianismo, nesta ocasião congregávamos na igreja Assembléia de Deus Missão.

Em meados de 2004, decidimos ter um filho, o que era um grande sonho de ambos, havia a necessidade de uma criança em nosso lar, pois estávamos casados a algum tempo.

Antecedendo este período, recebemos da parte de Deus, a mesma profecia, através de três pessoas distintas, que, teríamos um bebe, mais que deveríamos esperar nele.

Em um exame de rotina foi constatado que minha esposa era estéril, e que, possuía ovários policísticos, nesta ocasião, o médico nos propôs, um tratamento, que, poderia ou não, aumentar a probabilidade dela engravidar, mais salientou que o mesmo era bastante caro, o que, nos impossibilitava de realizá-lo.

Lembramos da promessa, que Deus outrora nos fizera, a partir de então passamos a esperar em Deus, e buscar em oração, o momento certo, pra que o milagre, pudesse acontecer.

Passado algum tempo, minha esposa começou a reclamar de fortes dores abdominais, e dizia que estava sentindo sintomas de gravidez, fizemos o teste farmacêutico que resultou positivo, fomos ao médico dela que de imediato solicitou o exame de sangue e posteriormente o ultrason.

O exame de sangue, também teve o resultado positivo, partimos então, para o ultrason, para averiguar o motivo de tantas dores, naquele momento eu era o homem mais feliz desse mundo, Deus finalmente realizara em minha vida, um grande milagre, pois eu sempre pedia em minhas orações, que ele fizesse algo impossível aos homens, algo que eu pudesse testemunhar onde quer que eu fosse.

Ao realizar o ultrason, o médico disse que realmente ela estava grávida, mais seu semblante não transmitia alegria alguma, por ser meu amigo, me chamou a parte em uma sala reservada, e me disse que a situação era bastante complicada, falou que seria necessária uma reunião com outros médicos para decidirem o que seria feito, pois o feto estava na trompa esquerda da minha esposa, o que causaria grandes danos físicos a ela, ou até mesmo o óbito, em virtude de uma eventual hemorragia com o desenvolvimento desse feto.

Passado algumas horas, veio a notícia que eu tanto temia ouvir:

Max, para o bem estar e segurança da sua esposa, devemos retirar a trompa onde se encontra o feto. (urgente!!!)

Meu Deus, o mundo pra mim, desabou naquele momento, todo um sonho, uma expectativa, uma realização, estava se deteriorando.

Saí daquele hospital em prantos, eu fiquei totalmente desesperado, sem rumo, sem fé, fui até minha casa buscar as roupas da minha esposa, pois ela já ficou internada.

Chegando lá, naquele desespero total, meus pais vieram ao meu encontro perguntando o que acontecera, tentando me acalmar, eu não conseguia falar, só chorava, quando me recompus, eu disse a eles o ocorrido.

Coloquei as roupas da minha esposa na bolsa e quando eu ia saindo, minha mãe (uma mulher de oração e muita fé), me parou e disse:

Meu filho, eles vão abrir o ventre da sua esposa, mais ninguém encostará um dedo sequer nessa criança, olhei pra ela totalmente cego e disse:

Mãe eu queria ter essa fé!

Obs.: Quando estamos vivenciando um problema ou um sofrimento tao como este, sentindo na pele, não sendo espectador mais o personagem principal, nossa fé é abalada e provada, não deveria ser assim, confesso que fui fraco e minha fé bem pequena, mais aprendi a confiar mais em Deus após essa experiência.

Cheguei à sala onde minha esposa estava esperando para se submeter à cirurgia, conversando com ela normalmente, ela começou a sentir dores mais fortes ainda, dizia que parecia que algo se movia dentro dela, neste momento ela foi levada para a cirurgia.

Mandaram-me para casa, passado umas três ou quatro horas, voltei ao hospital, à cirurgia havia terminado, fui onde minha esposa estava, para falar com ela, quando abri a porta, (não consigo esquecer aquela cena) ela olhou pra mim sorrindo, tremia tanto, em virtude da anestesia e não conseguia falar, a única coisa que ela disse foi:

Vá falar com o doutor.

Corri até a casa do médico, sem entender nada, ele me atendeu e sorrindo perguntou, você acredita em milagre?

Claro, respondi!

O que aconteceu?

Max fizemos a cirurgia, olhamos nas duas trompas da Patricia não encontramos o feto, o que encontramos foi um cisto hemorrágico do tamanho de um limão no ovário direito dela, o feto que está no ultrason sumiu!

Vamos esperar vinte dias, e realizar um novo ultrason!

Nesse momento vi que Deus estava nesse negócio, aprendi que quando ele age não devemos questionar nem reclamar, pois ele prometeu que faria, e eu fui fraco na fé, não conseguia enxergar uma solução para aquela situação, mais Deus já havia preparado tudo.

Passado os vinte dias realizaram um novo ultrason, que trazia como resultado um feto perfeito dentro do útero da minha esposa, são e salvo.

Dia 01/02/2012 minha filha Esther completará 4 anos, é tão esperta e inteligente, verdadeiramente ela é um milagre, uma dádiva de Deus, um presente que prova que nosso Deus é imutável, ele operou milagres no passado, opera hoje e continuará, pois ele é fiel e cumpre o que promete, pois a sua palavra, no livro de Nu 23.19 diz que (Deus não é homem para que minta e nem filho do homem para que se arrependa).

Fiz um propósito com Deus que onde eu tivesse a oportunidade de pregar eu daria este testemunho, para a honra e a glória de seu santo nome.

Orando na igreja, Deus colocou em meu coração o desejo de criar este blog e testemunhar o que ele fez na minha vida.

Creio que Deus tem algum propósito com isso, espero que através deste testemunho, muitos corações sejam tranqüilizados, que muitas aflições sejam lançadas por terra e que a fé de muitos em Deus, seja restabelecida.

Tão somente creia, Deus é fiel...







Por: Max aparecido
segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

ELE NÃO AGE COM INDIFERENÇA




JOÃO 5:

1 DEPOIS disto havia uma festa entre os judeus, e Jesus subiu a Jerusalém.
2 Ora, em Jerusalém há, próximo à porta das ovelhas, um tanque, chamado em hebreu Betesda, o qual tem cinco alpendres.
3 Nestes jazia grande multidão de enfermos, cegos, mancos e ressicados, esperando o movimento da água.
4 Porquanto um anjo descia em certo tempo ao tanque, e agitava a água; e o primeiro que ali descia, depois do movimento da água, sarava de qualquer enfermidade que tivesse.
5 E estava ali um homem que, havia trinta e oito anos, se achava enfermo.
6 E Jesus, vendo este deitado, e sabendo que estava neste estado havia muito tempo, disse-lhe: Queres ficar são?
7 O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.
8 Jesus disse-lhe: Levanta-te, toma o teu leito, e anda.
9 Logo aquele homem ficou são; e tomou o seu leito, e andava. E aquele dia era sábado.

Amados hoje estaremos explanando um dos textos mais conhecidos da bíblia sagrada, porém a palavra de Deus se renova a cada dia e a interpretação que o Espírito Santo nos concede é singular, sendo assim creio que da mesma forma que ele falou comigo falará com você também.

Navegando na palavra de Deus à procura de uma nova mensagem para lhes oferecer, me deparei com o tanque de Betesda uma linda e comovente lição de amor ao próximo.

A bíblia relata a situação de um homem que há 38 anos padecia de uma enfermidade, quem sabe suas esperanças estavam desvanecendo ao decorrer de tantas tentativas frustradas, veja que havia uma grande multidão de enfermos naquele lugar a espera de um milagre, mas somente o primeiro dentre todos aqueles que ali estavam que entrasse no tanque quando suas águas fossem agitadas saía curado, os demais tinham que aguardar o próximo movimento e torcer para conseguir entrar no tanque primeiro que os outros, isso nos mostra quão tamanha era a demanda naquele local.

Mas o que sobressaía era a indiferença e desprezo de todos com relação a este homem em questão, passavam por ele e nem se preocupavam com sua situação, porque aqueles que eram curados ao sair do tanque não o ajudavam para que ele também recebesse sua cura?

O homem por sua própria natureza e instinto de sobrevivência não mede esforços para poder salvar a si mesmo, muitos se preocupam consigo mesmos não olhando para a necessidade do seu próximo nem tão poucos os amando como a si mesmos, saíam curados fisicamente, mas ainda agindo com indiferença, descaso e desprezo para com os outros.



veja o que este homem diz quando é indagado por Jesus:

O enfermo respondeu-lhe: Senhor, não tenho homem algum que, quando a água é agitada, me ponha no tanque; mas, enquanto eu vou, desce outro antes de mim.

Imagine que tristeza e frustração esse homem sentia, ninguém o ajudava e pior ainda, quando os outros viam que ele estava tentando entrar no tanque passavam em sua frente e mais uma chance acabava, todos se preocupam consigo mesmos e continuavam relutantes em não ajudar.

Agora meus amados o mestre chega e se depara com aquela situação e é movido de intima compaixão para com aquele homem.

Quando Jesus contempla nosso sofrimento e dor, nossa angústia ele se comove, nem pergunta o que estamos passando nem ha quanto tempo estamos sofrendo, pois ele sabe, quando olhou para aquele homem Jesus viu que seu sofrimento perdurava por 38 anos, ou seja, uma vida toda lutando contra sua enfermidade, contra o desprezo e a solidão até aquele momento, e isso fez com que Jesus o curasse.

Aquele homem foi curado e Jesus quer te curar também, por isso ele lhe pergunta:

Queres ficar são?

Permita que ele mude sua história que traga a cura e o renovo que você tanto espera, aquele homem esperou 38 anos para que o milagre acontecesse em sua vida, hoje chegou sua vez de alcançar a misericórdia de Deus, ele quer sarar suas feridas, não só as físicas, mas principalmente as espirituais, aquela angústia, o sentimento de desprezo, a morte precoce de um ente querido, que abriu uma ferida imensa em seu coração Jesus quer fechar essa ferida trazendo a paz e o conforto que somente ele pode te dar, diga sim e permita que ele te cure.


Aprendamos amar mais.

Deus vos abençoe!


Por Max Aparecido.

AMIGOS

PROPOSITO

Peço a Deus que abençoe, todos aqueles que visitarem este blog.

Este é um projeto, que Deus, colocou em meu coração enquanto orava, sei que Deus fará grandes maravilhas através dele.

O propósito principal desde blog, é a divulgação do amor de Deus para com a humanidade, sua providência e constante presença ao nosso favor.

Que sirva também como um guia a sites e blogs evangélicos.